SINTRACC

QUEM SOMOS:

O SINTRACC – Sindicato dos Trabalhadores no Comércio Varejista e Atacadista de Contagem tem como papel, orientar, defender, representar os interesses individuais e coletivos da categoria, buscar salários justos, condições de trabalho e cidadania plena e preservar a unicidade sindical e a solidariedade profissional.

Nossa História:

Assim como a profissão, Sintracc trilhou árduo caminho até o reconhecimento

Em 1º de outubro de 1988, uma assembleia geral de comerciários fundava o Sindicato dos Trabalhadores no Comércio Varejista e Atacadista de Contagem. Era um momento de efervescência política marcante nos primeiros anos da redemocratização do Brasil, superado o período que ficou conhecido como “Anos de Chumbo”, quando o país foi governado por uma ditadura militar, instalada em 31 de março de 1964.

No mesmo mês, era promulgada a nova Constituição Brasileira, a partir da Assembleia Nacional Constituinte, que mobilizou a sociedade brasileira e formulou a mais progressista das cartas constitucionais da história nacional.

Movimentação semelhante a que tomou as ruas do Brasil no primeiro semestre de 2013, foi vista na época, quando o movimento social organizado elegeu, pelo voto popular, uma maioria de parlamentares constituintes, que aprovaram itens avançados na Carta Magna, tais como licença-maternidade, manutenção do direito de férias remuneradas (acrescida de um terço), descanso semanal remunerado e direito à liberdade e autonomia sindical.

FILHO DA REDEMOCRATIZAÇÃO

Os fundadores do Sintracc – entre eles o atual presidente, Ronaldo Gualberto – ajudaram a escrever essa página histórica da trajetória do Brasil e dela nasceu a entidade representativa dos Comerciários de Contagem, fruto da conquista da liberdade e autonomia sindical.

A categoria da segunda cidade de Minas, que até então fazia parte da base territorial do Sindicato dos Empregados no Comércio de Belo Horizonte (SEC-BH), começava a trilhar o próprio caminho, sem se desligar do movimento regional e nacional da classe. Em 10 de outubro de 1988, foi dado o grito de independência sindical, ato que resultaria na atual rotina do Sintracc de prestar assistência nas áreas de saúde, jurídica e nas rescisões contratuais a mais de 200 pessoas que, diariamente, procuram a entidade no bairro Eldorado.

A exemplo da luta pelo reconhecimento da profissão, o Sindicato percorreu árdua caminhada até a real emancipação. Em 1990, foi conquistado o primeiro registro sindical, após despacho da então Ministra do Trabalho, Dorothéa Werneck, vitória embargada por impugnação da diretoria do SEC-BH, que não aceitava o desmembramento.

VITÓRIA DA SOLIDARIEDADE

Outras entidades, no entanto, acreditaram na autenticidade do novo Sindicato e do caráter irreversível do movimento, com destaque para as diretorias dos sindicatos dos Tecelões, Metalúrgicos, Trabalhadores da Construção Civil e da Construção Pesada, da Purificação de Água e da Saúde de Minas Gerais.

Parlamentares progressistas, como Durval Ângelo, Rogério Correia, Nilmário Miranda e Virgílio Guimarães e Ademir Lucas, também emprestaram sua força para que os Comerciários de Contagem alcançassem a almejada organização.

E ela veio no dia 23 de agosto de 1999, quando, outra vez em assembleia geral, a categoria promoveu a primeira reforma estatutária, que – entre outras alterações – estabeleceu a denominação de Sindicato dos Trabalhadores no Comércio Varejista e Atacadista de Contagem, abreviada posteriormente de Sintracc.

O respaldo na classe e na sociedade, aliado a seguidas vitórias judiciais, convenceram a diretoria do SEC-BH a firmar acordo no ano de 2006, na qual reconhecia definitivamente a legitimidade do Sindicato dos Trabalhadores no Comércio Varejista e Atacadista de Contagem como o único representante legal da categoria no município.

DIRETORIA EXECUTIVA

DIRETOR PRESIDENTE: RONALDO FERREIRA GUALBERTO DA COSTA

DIRETOR TESOUREIRO: DIANE GOMES DE OLIVEIRA

DIRETOR SECRETÁRIO:  JULIO CESAR FERRAZ DE LIMA

DIRETOR DE RELAÇÕES SINDICAIS: GLEIDSTONE DA SILVA DE PAULO

DIRETOR AS. SOC. PREVIDÊNCIA: SHIRLEY MAGALHÃES CAMPOS

SUPLENTE DA DIRETORIA

ANGELICA DE FÁTIMA SOUZA MOREIRA

DEIZIANE APARECIDA REIS SILVA

MANOEL MESSIAS OLIVEIRA CAPINHO

RICARDO BARBOSA DA SILVA

CONSELHO FISCAL

ALMIR ANTONIO DA SILVA

EDIVALDO ALVES SANTOS

RONILSON ANTONIO DA SILVA

CONSELHO FISCAL – SUPLENTES:

MARIA APARECIDA ANSELMO

DELEGADO REPRESENTANTE JUNTO A FEDERAÇÃO:

RONALDO FERREIRA GUALBERTO DA COSTA

JULIO CESAR FERRAZ DE LIMA